4785 fans     1375 seguidores     41 seguidores - Club Adiante - Dirixe: Xosé Manuel Lema [Contacto]
Poxas Santa Comba 2018

Daniel Lago

Daniel Lago

Vigo(1979). Licenciado em Ciências Políticas pela USC. Secretario de programas e estudos políticos da Executiva Nacional de Compromiso por Galicia CxG.

O alcalde dança

Publicada: 10/02/2018

Aumentar texto Disminuir texto Reiniciar texto
10
0
0

Email Google+ Pinterest WhatsApp Menéame Chuza! Cabozo

Tempo de lectura: 3 minutos e 41 segundos.

Pois sim, vivemos numa cidade onde o nosso alcade dança. Dança de dia e dança de noite. Não e que ele seja um bom bailador, mas ele é a dançar em cada ocasião que pode. Festas, eventos e romarias varias, nelas todas o nosso alcade dança.

Esta bem isso de dançar, é sintoma de alegria e de vitalidade. É uma coisa a agradecer que temos toda a cidadania para este alcalde dançador e que transmite uma grande esperança por viver neste Vigo. A mim sempre me tira um sorriso com os seus bailes e as suas danças. 

Nalgumas tribos africanas o líder também dança. E dança por muitos motivos, aliás o mais comum é ter aos deuses da sua parte. O nosso alcalde não dança mais que por outro motivo que é que ele pode. O nosso alcalde dança como uma parte mais do seu rito de acasalamento com a sua cidadania. Não faz mal, sempre é sexo consentido. 

Vigo, que dançou anos com os ritmos de “Siniestro Total”, “Os Resentidos” e “Golpes Bajos” desde os anos da movida nos anos 80´s do século XX agora segue o ritmo da desaparição cultural. A cultura normalmente é contra-poder, e isso, nestes tempos está vetado. Agora o ritmo é o de um Vigo a morrer no cultural, com uma oferta em museus desfeita de todo e que já anuncia o seu colapso final com a desaparição do MARCO.

Vigo sem bibliotecas, Vigo sem museus, Vigo sem cultura. Total, para quê? Todos dançamos a música que baila o nosso alcalde. Assim passamos a ser uma cidade; que no tempo foi centro de criação e de iniciativa cultural, onde nasceram editoriais hoje fulcrais no espaço do galeguismo como “Xerais” ou “Galaxia”; a uma cidade onde o alcade dança e a cidadania todo vai em cinta transportadora.

Abandonamos toda esperança, aquele “Por um Vigo melhor” do alcalde Soto, passou a ser “Vivemos numa cidade fermosa”, estamos já na política dos factos consumados. Se já é fermosa, não há nada a fazer, já temos o caminho andado, unicamente resta pois dançar e dançar!

Se queres podes deixar un comentario sobre esta opinión no Facebook:

Pódeche interesar...

O "sincerity" score

Daniel Lago

Usualmente o bom que têm as novas televisivas é que passam num período de tempo no que geralmente as imagens e as palavras não dão associado no nosso cérebro. Por isso, as mais das vezes, a força da noticia está na sua repetição nas diversas edições, para fazer chegar a mensagem aos recetores passivos dessa nova chaminé dos nossos lares que é a TV.   Assim, há uns poucos dias, em pouco menos de trinta segundos, saiu em todos os nossos ecrãs a noticia de que o governo da Re…

Daniel Lago
Ler máis

Cada pedra ten o seu andar

Xosé González Martínez

Na arte de traballar as pedras os nosos canteiros botaban man da intelixencia, dos coñecementos empíricos e da imaxinación. Todos os tres medios  conxugados facían do “arxina”, normalmente iletrado, un profesional competente capaz de crear fermosas obras de arte imperecedeiras. Por unha póla familiar tiven moito trato cos canteiros. Chamoume sempre  a atención a intuitiva imaxinación que tiñan para resolver calquera problema que  lles xordese. Deles aprendín que cando se esg…

Xosé González Martínez
Ler máis

La Fórmula contra el trabajo digno y la libertad sexual

José Manuel Palacín Y Rodríguez

Estos días nos acostábamos con la noticia de que los propietarios del Mundial de Fórmula 1 aprobaban una iniciativa que llevará a niños a formar en la parrilla de salida, sustituyendo a las denominadas paragüeras, que tradicionalmente han edulcorado estos eventos. Estas profesionales, entre modelos y azafatas, han visto en los últimos años como se ha producido una ofensiva contra su trabajo, una horda de críticas que las ha llevado al exterminio. Claro, estas jóvenes tiene un …

José Manuel Palacín Y Rodríguez
Ler máis

Noticias sobre A Costa da Morte, as suas comarcas e os seus concellos: Bergantiños, Soneira, Camariñas, Carballo, Cee, Corcubión, Dumbría, Fisterra, Muxía, Vimianzo, Santa Comba e Zas.
Opinión
Eva Color Santa Comba
GDR Costa da Morte 2018
Cena EACC 2018
Gadis Febrero 2018
Enova Energia
KNM Abogados
CMAT
Concello da Laracha
Centro de Ortodoncia e Implantologia Dr. J.M. Pose Rodríguez
Concello de Mazaricos
Concello de Neda
OndaHit
En breves

Adiante TV

Opinión

O "sincerity" score

Daniel Lago

Usualmente o bom que têm as novas televisivas é que passam num período de tempo no que geralmente as imagens e as palavras não dão associado no n…

Daniel Lago
Ler máis

O alcalde dança

Daniel Lago

Pois sim, vivemos numa cidade onde o nosso alcade dança. Dança de dia e dança de noite. Não e que ele seja um bom bailador, mas ele é a dançar e…

Daniel Lago
Ler máis

Cada pedra ten o seu andar

Xosé González Martínez

Na arte de traballar as pedras os nosos canteiros botaban man da intelixencia, dos coñecementos empíricos e da imaxinación. Todos os tres medios  …

Xosé González Martínez
Ler máis

Conversas na Encrucillada

Usamos cookies propias e de terceiros para mostrar publicidade personalizada segundo a súa navegación. Se continua navegando consideramos que acepta o uso de cookies. OK Máis información